top of page

Quer aprender a meditar as escrituras? Veja um exemplo sobre a Lectio Divina clicando aqui.

O Missário 2024 está em promoção com 20% de desconto! E comprando 2 ou mais, você ainda ganha mais 10%. Compre clicando aqui.

Semana 28 - 9/7/2023 - 14° Domingo do Tempo Comum

Atualizado: 4 de jul. de 2023

Na semana passada (São Pedro e São Paulo, Apóstolos), Jesus disse “tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja”.

No 14° Domingo do Tempo Comum vemos Jesus dizendo que é manso e humilde de coração.


O que vamos aprender nessa semana?


No Evangelho, Jesus nos diz: “aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração”. Na primeira leitura, vemos a profecia de que o rei que virá é humilde e virá montado num jumento.

Na segunda leitura, Paulo nos convida a viver segundo o Espírito Santo e não pela carne.


Neste domingo, somos ensinados que Deus se revela na simplicidade e humildade.


Leituras

Primeira Leitura (Zc 9,9-10)

Leitura da Profecia de Zacarias


Assim diz o Senhor: “Exulta, cidade de Sião! Rejubila, cidade de Jerusalém. Eis que vem teu rei ao teu encontro, ele é justo, ele salva; é humilde e vem montado num jumento, um potro, cria de jumenta. Eliminarei os carros de Efraim, os cavalos de Jerusalém; ele quebrará o arco de guerreiro, anunciará a paz às nações. Seu domínio se estenderá de um mar a outro mar, e desde o rio até aos confins da terra”.


Segunda Leitura (Rm 8,9.11-13)

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos


Irmãos: Vós não viveis segundo a carne, mas segundo o espírito, se realmente o Espírito de Deus mora em vós. Se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo. E, se o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos mora em vós, então aquele que ressuscitou Jesus Cristo dentre os mortos vivificará também vossos corpos mortais por meio do seu Espírito que mora em vós. Portanto, irmãos, temos uma dívida, mas não para com a carne, para vivermos segundo a carne. Pois, se viverdes segundo a carne, morrereis, mas se, pelo espírito, matardes o procedimento carnal, então vivereis.


Evangelho (Mt 11,25-30)


Naquele tempo, Jesus pôs-se a dizer: “Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado. Tudo me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar. Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.


Palavras do Papa


Ele amava a nossa pequenez e por isso nos escolheu, e Ele escolhe os pequeninos: não os grandes, os pequeninos. Além disso, ele revela-se aos pequeninos: “Escondeste estas coisas aos sábios e aos entendidos e as revelaste aos mais pequeninos”. Ele revela-se aos pequeninos: se quiseres compreender algo do mistério de Jesus, abaixa-te: torna-te pequenino, reconhece o teu nada. Mas Deus não só escolhe e se revela aos pequeninos; ele chama os pequeninos: “vinde a mim, vós, que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei”. Vós que sois os pequeninos devido a sofrimentos, cansaço…. Ele escolhe os pequeninos, revela-se aos pequeninos e chama os pequeninos. Mas por que não chama os grandes? O seu amor é aberto, mas os grandes não conseguem ouvir a voz porque estão cheios de si mesmos. Para ouvir a voz do Senhor é preciso fazer-se pequenino”. (Santa Marta 23 de fevereiro de 2017)


No vídeo damos um exemplo de como usar o Missário



73 visualizações

Tem interesse no Livro?

Receba as liturgias de domingo por e-mail

Obrigado(a) por se inscrever.

Descubra a Beleza da Missa com o Missário - A jornada rumo à santidade inclui um amor profundo pela Santa Missa, algo comum entre todos os Santos da Igreja. Este livro não é apenas um guia, mas um convite para cultivar um relacionamento mais profundo e significativo com a liturgia, pois conhecer é o primeiro passo para amar verdadeiramente.

Deseja amar a Missa como os santos? Isso é possível. O amor cresce com o tempo e o conhecimento, e o Missário pode ser seu companheiro nessa jornada. Em 35 páginas, ele ajuda o leitor a ter uma compreensão de como as missas dominicais estão interligadas no calendário litúrgico e ensina os significados de cada parte da Missa.

Mas o amor pela Missa vai além da leitura. É uma experiência viva, cultivada dia após dia. Por isso, o Missário oferece um acompanhamento semanal, com leituras curtas de 5-10 minutos, preparando você para cada missa de domingo.

Cada domingo é uma nova oportunidade de crescimento espiritual, e para cada um temos a estrutura:

  1. “O que vamos aprender nessa semana?” - Uma introdução aos temas e leituras da missa de domingo.

  2. Leituras Dominicais - Textos completos da Primeira Leitura, Salmo, Segunda Leitura e Evangelho para reflexão antecipada.

  3. Palavras do Papa - Comentários inspiradores do Papa sobre as leituras do domingo.

  4. “O que o Padre ensinou na Missa?” - Espaço dedicado para suas anotações e reflexões pessoais.


Lembre-se, o caminho espiritual é pessoal, entre você, Deus e a Igreja. Vo